Header Ads

Polícia Civil elucida assalto a agência bancária em Pacatuba



Polícia Civil elucida assalto a agência bancária em Pacatuba
Foto: SSP


Uma operação desencadeada na manhã dessa quinta-feira, 17, pelo Complexo de Operações Policiais Especiais, com o apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (DIPOL) e Grupamento Tático Aéreo (GTA), resultou na prisão de uma associação criminosa responsável por assaltar uma agência do Banco do Brasil na cidade de Pacatuba, no último dia 27 de outubro.

As ações ocorreram nas primeiras horas da manhã, nas cidades de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. Foram presos: Virgilio Correia Dantas Neto, Renan dos Santos Nicolau, Allison Muniz Santos, Josenilton dos Santos Silva, Jeferson Silva Santos e Rogério de Jesus Santos, gerente da agência bancária. Também foram apreendidas sete armas de fogo, munições, além de grande parte do dinheiro subtraido.

Polícia Civil elucida assalto a agência bancária em Pacatuba
Foto: Montagem / SSP

Durante coletiva à imprensa realizada na manhã de hoje, 18, a delegada Mayra Evagelista detalhou o caso, que apontou o gerente do banco como mentor do crime: “Durante as investigações, ao analisar as câmeras de segurança da agência, logo se percebeu um comportamento estranho do gerente, de muita passividade, muita tranquilidade. Em depoimento, Rogério apresentou algumas contradiçoes e deixou muito claro a quebra de alguns protocolos de segurança, inclusive com algumas ações no dia anterior ao crime que levantaram a nossa suspeita. De antemão, como já tínhamos a informação, via Disque-Denúncia, sobre um dos autores do crimes, identificado como Wesley Alves Valadares, passamos a traçar uma análise do círculo de amizades envolvendo a dupla”, explicou.

Polícia Civil elucida assalto a agência bancária em Pacatuba
Foto: SSP

Durante a linha de investigação, as equipes identificaram três pessoas suspeitas e que eram conhecidos de ambos, momento em que foram representadas as suas prisões temporárias. “No momento da confissão do trio, conseguimos corroborar a participação do gerente, inclusive pela trama do crime, e dos outros envolvidos”, salientou Mayra Evangelista.

Na ação, foram apreendidas sete armas de fogo, sendo duas recuperadas com o Renam; duas com Josenilton, responsável por prestar todo o apoio logístico ao grupo; e outras três com Virgilio. Inclusive, duas delas roubadas por Wesley no dia do crime, pertencentes a uma empresa de segurança.

Ainda segundo a delegada, apesar das provas e da confissão dos outros envolvidos, o gerente nega a sua participação no crime. Sobre Wesley, último integrante da associação criminosa, a policia informa que ele está foragido, mas que as investigações continuam no intuito de localizar e prender o suspeito.

Fonte: SSP/SE
Tecnologia do Blogger.

NOTÍCIAS ALEATÓRIAS

Recentes