Header Ads

Integrante de associação criminosa do Tocantins é preso pela Polícia sergipana




A associação da qual o suspeito fazia parte foi desarticulada pela Operação Horus 
Na manhã dessa terça-feira, 27, a Polícia Civil sergipana, por meio do Departamento de Narcóticos (Denarc), deu cumprimento ao mandado de prisão de Talles Souza de Carvalho, 20 anos, integrante do núcleo financeiro da organização criminosa desarticulada através da operação Horus, deflagrada no dia 21, em diversos estados brasileiros.  A prisão foi realizada no município de Esplanada, município baiano distante 135 km de Aracaju.

"Talles fazia parte de uma das maiores associações criminosas envolvida com o tráfico de drogas em Palmas, capital do Tocantins. No dia 21, a operação Horus foi deflagrada e as investigações apontaram a posição do suspeito na cidade baiana. Contando com o apoio do Denarc sergipano foi possível localizá-lo e realizar a prisão na manhã desta terça", explica o diretor do Denarc da PCSE, delegado Osvaldo Resende.

As investigações começaram em dezembro de 2015, quando foi preso o chefe da quadrilha, Antônio Gomes Boaventura, em Paraíso, na região dos lagos de Tocantins. De acordo com o delegado da Denarc-TO, Guilherme Rocha, ao longo deste período de um ano, foram apreendidas quase quatro toneladas de drogas oriundas de ações criminosas do grupo, entre elas maconha, crack e cocaína.

Foram expedidos 59 mandados judiciais, dentre eles 21 mandados de prisão preventiva, 19 mandados de prisão temporária e 19 mandados de busca e apreensão em Palmas e no interior do estado, além de outras cidades nos estados de Goiás, por meio do apoio da Denarc-GO Sergipe e Bahia, por meio do apoio da Denarc-SE.

Fonte: SSP/SE, com informações da Ascom SSP-TO
Tecnologia do Blogger.

NOTÍCIAS ALEATÓRIAS

Recentes