Header Ads

Homicídios em Sergipe caem 17% quando comparados com os dados de 2016



Coletiva destacou ausência de homicídios no carnaval e divulgou os dados sobre homicídios ocorridos em fevereiro de 2017

SSP

Na manhã desta sexta-feira, 03, uma coletiva realizada pela Secretaria da Segurança Pública de Sergipe externou à imprensa a diminuição de casos de homicídios durante a folia de carnaval em Aracaju e nos municípios sergipanos em que foram realizadas festividades.
Segundo dados divulgados pela polícia, nenhum registro de homicídio foi realizado nas áreas da capital e interior sergipano onde ocorreram os eventos momescos. Um resultado atribuído ao trabalho conjunto realizado pelas polícias Militar e Civil ao longo dos dias marcados pela folia em Aracaju, com o Rasgadinho; e em mais 11 municípios.
Na capital, durante a realização do Rasgadinho, houve registro de sete prisões em flagrante por parte da Polícia Militar: três desacatos, uma situação de tráfico, um furto, um porte de arma de fogo e um roubo. Foram três armas apreendidas durante os dias de carnaval, sendo dois canivetes e uma pistola .40. Houve ainda a confecção de sete Termos Circunstanciados de Ocorrência voltados para o registro de infrações de menor potencial ofensivo.
De acordo com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Marcone Cabral, os resultados são satisfatórios e mostram que o planejamento e parceria da polícia sergipana só resulta na diminuição de casos de violência no estado, "O planejamento semanal contribuiu para que os acertos fossem maiores que os erros na operação carnaval", ele ainda destacou que os números desejados ainda buscam ser maiores "nós buscamos sempre mais, para que a sensação de segurança volte a reinar em todo o território sergipano".
No interior sergipano, o trabalho foi intensificado no cumprimento de mandados de prisão pela Polícia Civil e com o funcionamento em regime de plantão 24h nas delegacias de Itabaiana, Lagarto, Estância, Nossa Senhora da Glória e Pirambu. Como resultado, foram presos responsáveis pelos delitos de homicídio, roubo, crimes contra a dignidade sexual, tráfico de drogas, violência doméstica, entre outras situações.
Em Neópolis, município que sempre reúne grande público no carnaval, a Polícia Militar contabilizou a confecção de 13 Termos Circunstanciados de Ocorrência, sendo dez por perturbação de sossego e três por direção perigosa em via pública.
Sobre o trabalho conjunto da polícia o Delegado Geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira, falou sobre a diminuição de casos de homicídios e violência durante as festividades carnavalescas na capital e interior sergipano. "A diminuição dos casos de violência no estado no período de fevereiro de 2016 a 2017 grita a nós da segurança pública que o planejamento estratégico realizado está dando cada vez mais certo", comenta.
Os números mostram que houve uma redução em torno de 17% nas mortes violentas registradas em fevereiro, quando comparados os 95 casos ocorridos em 2017 com os 115 do ano de 2016. Este ano 23 homicídios ocorreram na capital, 24 na região metropolitana e 48 no interior. Se for feita uma comparação com o mesmo período em 2015, houve uma redução de 10,4%, quando àquela época foram contabilizados 106 casos.
Tanto no mês de janeiro como no de fevereiro deste ano foram registrados 95 casos de homicídio. Comparando os dois meses em relação a 2016, houve a redução de 18% nas ocorrências. Ou seja, janeiro e fevereiro do ano passado somaram 232 homicídios, enquanto os dois primeiros meses de 2017 somaram 190 crimes deste tipo.
O secretário da Segurança Pública de Sergipe que também estava presente na coletiva, destacou que os números já significam muito para a polícia sergipana " com cerca de 2000 agentes na rua realizando o policiamento ostensivo, os números reduzidos de ocorrências podem ser comemorados, pois isso prova que estamos no caminho certo". Ele falou ainda sobre o trabalho sério e comprometido dos operadores de segurança pública para alcançar resultados considerados satisfatórios nesse período: " estamos focados em tentar sempre melhorar a segurança para a população, por meio de um trabalho correto e forte que estamos desenvolvendo para que Sergipe volte a ser uma lugar mais calmo e seguro".

SSP/SE
Tecnologia do Blogger.

NOTÍCIAS ALEATÓRIAS

Recentes