Últimas notícias

Tecnologia do Blogger.

Polícia Militar realiza apreensão de mais de 200 kg de drogas em São Cristóvão

3 de outubro de 2017
Foi realizada na manhã desta terça-feira, 3, na Sala de Imprensa Radialista Júlio Cesar, na sede da SSP, uma coletiva objetivando divulgar detalhes da apreensão realizada por policiais militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) na manhã dessa segunda-feira, 2, que resultou na retirada de mais de 200 kg de drogas de circulação no Estado. A droga foi localizada em uma residência no Loteamento Quilombo, Bairro Rosa Elze, em São Cristóvão.
Foto: PM/SE


De acordo com o comandante do BPRp, tenente-coronel Carlos Rolemberg, durante rondas ostensivas pelo bairro, os policiais receberam a informação de que um homem estaria comercializando drogas na região. "Durante as diligências, localizamos uma residência com a porta aberta, onde foi possível visualizar as drogas", disse o oficial.

O comandante do BPRp aproveitou a oportundiade para agradecer o apoio da população: “ressaltamos a participação do cidadão, passando informações aos órgãos de Segurança Pública, para que possamos agir no combate à criminalidade. Quando retiramos mais de 200 kg de drogas das ruas, temos a plena certeza que contribuímos para que inúmeros delitos ocorressem na comunidade”.

O oficial destacou também que essa foi a maior apreensão de drogas da história do BPRp. “A Polícia Militar, por meio do BPRp, continuará com sua vocação visão agir de forma preventiva reduzindo os índices delitivos, cumprindo as determinações emanadas dos nossos comandantes, mas acima de tudo, com a seriedade e o compromisso de servir a sociedade com honradez e com disciplina para podermos ajudar seja na retirada de armas de fogo das ruas, de infratores e na apreensão de drogas como nesse caso específico que temos a certeza absoluta que foi a maior apreensão de drogas da história do Batalhão de Radiopatrulha em mais de 50 anos” destacou o tenente.

Ao todo, foram apreendidos 202 kg de maconha, pouco mais de 1,3 kg tanto de crack quanto de cocaína, além de 5 mil cápsulas vazias para armazenamento desse entorpecente. Também foram encontradas quatro balanças digitais e duas cápsulas vazias de pistola. 

Segundo o Comandante do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), tenente-coronel Vivaldy Cabral, a apreensão realizada significa a diminuição de diversos outros crimes que são ocasionados por usuários. “Essa ação significa que diminui aqui no Estado essa comercialização, esse uso de drogas que infelizmente tem acometido jovens a praticarem homicídios, roubos de veículos, justamente para pagar essas drogas. A Polícia Civil vai investigar para saber a origem dessa droga e principalmente de quem era essa droga para que essas pessoas possam ser presas e responder por esse crime”, ressaltou.

Ainda segundo o comandante, tanto a Polícia Militar quanto a Polícia Civil do Estado trabalham para garantir a segurança da população. “Temos diminuindo expressivamente a quantidade de homicídios aqui da capital, no nosso Estado. Mês a mês a gente vem diminuindo, significa que é resultado desse trabalho efetivo que tanto a Polícia Militar, quanto a Polícia Civil vem realizando”, concluiu.

Todo o material foi encaminhado ao Departamento de Narcóticos (DENARC), que ficará a cargo das investigações sobre a origem e o proprietário dos entorpecentes. O tenente-coronel Carlos Rolemberg destaca que a população pode contribuir com dando as forças policiais informações que resultem em prisões e apreensões para a melhoria na segurança do Estado.

“Há uma disposição para que nós quando estamos na rua com o policiamento ostensivo, possamos interagir com a comunidade, verificar e detectar esses pontos de criminalidade, fomentadores de violência e a ação preventiva, a ação da Polícia Militar possa servir a sociedade e ajudar nesse processo de pacificação de redução delitiva”, finalizou.

Fonte: SSP/SE